Notícias

Especial Casamentos

Tipos e Rituais de Casamento - Casamento Judaico
terça-feira, 22 de março de 2016

Alguns dias atrás, postamos algumas tradições que acontecem em casamentos do mundo todo. Seguindo essa mesma linha, o Noivas Fair começará uma série de posts trazendo tipos, rituais e simbologias dos casamentos. E pra começar, nosso primeiro post é sobre o casamento judaico. Confira:

 

Casamento Judaico  - Como ele é?

A cerimônia acontece numa tenda. É montada uma mesa especial, onde servem bebidas e comidas depois das bênçãos matrimoniais do rabino. Na presença de dez testemunhas masculinas, o vinho e os anéis são abençoados e o casal bebe a primeira taça de vinho. Os anéis, então, são trocados. Antes de a festa começar, outros rituais são cumpridos. Não se casam aos sábados ou em festas religiosas. Os noivos bebem da mesma taça de vinho e o noivo esmaga um copo com o pé, enquanto os convidados desejam felicidades. O casal ingressa no casamento sem quaisquer sentimentos de culpa que poderiam prejudicar o relacionamento. A noiva usa um véu durante a cerimônia. A tradição tem origem na história de Rebeca que se cobriu com um véu, quando viu e aproximou-se do futuro marido, Isaac - Gênesis 24:65".

 

As Simbologias do Casamento Judaico

A Kipá: De acordo com o costume, os homens mantêm a kipá na cabeça para lembrar que D’us esta acima de nos, acompanhando e observando nossos atos. Ela será usada durante toda a cerimônia e poderá ser guardada como recordação.

 

A Chupá (Le-se Rupá): É a cobertura (tenda) onde se realiza o ritual do casamento. Simboliza passado, presente e futuro, e representa um novo lar a ser formado pelos noivos, cercado pela família e pelos amigos. É também uma referencia a tenda do patriarca Abraão, que era aberta dos quatro lados, convidando a todos que entrassem e se sentissem bem.

 

O Talit: É um manto usado durante as rezas, para simbolizar que todos são iguais quando se dirigem a D’us. É costume o noivo usar o talit na cerimônia de casamento.

 

 

O véu da noiva: A noiva entra com o rosto descoberto e ao ser entregue ao noivo seu rosto é coberto pelo véu antes que entrem na chupa. O significado tem origens bíblicas: no primeiro encontro de Isaac com Rebeca, ela cobriu o rosto com um véu. Outra razão para a noiva entrar com o rosto descoberto é para que o noivo não cometa o mesmo erro de Jacó, que se casou com Lea, em vez de Raquel por não ter visto o rosto da noiva antes da boda. O véu simboliza também que o noivo não esta interessado em sua beleza exterior, pois ela desvanecera com o tempo e somente seu interior permanecera.

 

As sete voltas: O antigo ritual de a noiva dar sete voltas em torno do noivo tem varias explicações. Uma delas lembra a queda da muralha de Jericó, e dessa forma a noiva circula o noivo para quebrar qualquer barreira que possa existir entre os dois. As sete voltas também são alusivas aos sete dias da criação do mundo, como se a noiva simbolicamente, estivesse construindo as paredes da nova casa do casal, alem disso a noiva fazendo um circulo sem começo nem fim cria um novo mundo a dois, uma nova família.

As alianças: As alianças devem ser feitas em ouro, simples e lisas, para que represente um circulo perfeito inquebrável e ilimitado entre o casal. O anel é colocado no dedo indicador, para se destacar perante as testemunhas e indicar firmemente o compromisso desta importante transição da vida. Um inicia o movimento, colocando a aliança no indicador do outro, que aceita voluntariamente o anel e o transfere para o dedo anular esquerdo. O noivo fala para a noiva em hebraico: “Com este anel es consagrada a mim, de acordo com as leis de Moises e Israel”. E a noiva responde “Eu pertenço ao meu amado e o meu amado me pertence”.

 
 

Sheva Brachot (Sete Bênçãos): As sete bênçãos recitadas na cerimônia se referem a criação do mundo e do homem, a sobrevivência dos judeus e do povo de Israel, ao casamento, a felicidade do casal e a criação da família.

 

A quebra do copo: A antiga tradição da quebra do copo tem diversos significados. O mais conhecido é a lembrança da destruição do Templo de Jerusalém. A quebra do cristal também faz alusão ao equilíbrio entre os momentos felizes e tristes que serão enfrentados ao longo da vida. Imediatamente apos a quebra do copo todos dizem em voz alta “Mazal Tov”, a expressão hebraica de parabéns – Boa sorte.

 

Até o próximo post!


FONTE:

vestidadenoiva.com

casadinhos.com.br

IMAGENS: 

Foto do post: vestidadenoiva.com

Foto do Banner: Nelson Neto.